Conheça licenciamentos de negócios a partir de R$ 1,5 mil

As oportunidades vão desde o setor de varejo e logística ao de meios de pagamentos

fotos: divulgação – Os licenciamentos de negócios é uma oportunidade para quem deseja trabalhar por conta própria. É uma alternativa à franquia, pois exige pouco capital para início, e tem se revelado um investimento promissor para os novos empreendedores, visto que o setor registrou um faturamento de R$ 21 bilhões em 2020 segundo um estudo da Associação Brasileira de Licenciamento de Marcas e Personagens (Abral).

Esse tipo de negócio entre empresa e empreendedor é uma parceria de ganha-ganha na qual é possível iniciar um negócio com um baixo valor de investimento e que pode trazer um retorno financeiro ainda no primeiro mês. Outra vantagem desse formato é adquirir o direito de uso de uma marca que está consolidada no mercado. Por tais motivos, algumas startups oferecem esse modelo de serviço para quem deseja ser dono do próprio negócio a partir de R$ 1,5 mil. O Ouro Verde Mais alerta, que é importante estudar muito bem cada negócio e fazer um planejamento antes da contratação. Um dica fundamental é visitar e conversar com pessoas que já possuem o licenciamento. Confira abaixo:

licenciamentos de negócios

1 – Alfred Delivery – Investimento inicial – R$ 1.500 à vista ou 12x de R$ 129,90

É uma plataforma de entregas last mile, momento do processo em que corresponde a saída do centro de distribuição até o endereço final do cliente, presente em mais de 160 cidades interioranas do Brasil. A empresa oferece serviços de intermediação de entregas de produtos dos mais variados segmentos. Atualmente conta com cerca de 180 empreendedores licenciados, que trabalham de forma 100% digital na gestão do negócio em suas respectivas cidades.

Lucro mensal: De R$ 3 a 10 mil

Retorno do investimento – em até seis meses

2 – Minha Quitandinha – Investimento inicial – R$ 35 mil, com uma taxa de R$ 9 mil (primeira loja)

A startup com foco em solução para o mercado de varejo traz uma inovação no segmento de conveniência. A Minha Quitandinha é um mini mercado autônomo, que com base no conceito de honest market, oferece aos consumidores de complexos comerciais ou residenciais mais de 700 produtos, que vão desde alimentos a itens de higiene pessoal e limpeza. Funciona durante 24 horas ao longo dos sete dias da semana.

Taxa de rentabilidade – 20 a 25%

Retorno do investimento – a partir do nono mês.

3 – Quero 2 Pay – Investimento inicial – R$ 3.000 (padrão) e R$ 15.000 (plus)

A startup que atua no segmento de finanças por meio de maquininhas de cartão apresenta duas modalidades de licenciamento, sendo elas a padrão e a plus, nas quais os empreendedores podem atuar como representantes da marca ao adquirir uma máquina a fim de ampliar e administrar a carteira de parceiros que utilizam esse tipo de serviço em seus estabelecimentos.

Taxa de rentabilidade – a cada novo cliente, ganha-se uma receita de R$ 100, além da recorrência sobre o total transacionado (TPV).

Retorno do investimento – a partir do primeiro mês (padrão) e a partir do sexto mês (plus).

4 – Take and Go – Investimento inicial – R$ 60 mil

A startup oferece uma geladeira de cerveja que pode ser instalada em condomínios residenciais ou comerciais, disponibilizando até 300 garrafas geladas durante 24 horas por dia, nos sete dias da semana e sem a necessidade de um intermediário para a finalização da compra. A Take é a primeira vending machine, como também são chamadas as geladeiras, a operar com inteligência artificial. Desta maneira, por meio de reconhecimento de imagem, é possível identificar qual bebida está sendo retirada, proporcionando uma cobrança automática no cartão de crédito cadastrado no aplicativo da marca.

Taxa de rentabilidade – De 13% a 22%

Retorno do investimento- de 12 a 24 meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.