Todos os eventos do Carnaval 2022 estão cancelados em Campinas

Decisão inclui blocos de rua e festas de carnaval em espaços privados. Carnaval oficial já tinha sido cortado em 30/11/21

foto: divulgação – A Prefeitura de Campinas anunciou nesta quinta-feira, dia 12, o cancelamento de todos os eventos de Carnaval 2022 em Campinas neste ano. A informação foi dada durante live nas redes sociais do prefeito Dário Saadi.       

Estão cancelados blocos de rua e carnaval em espaços particulares, como clubes, locais de eventos e outras atividades organizadas pelo setor privado. O carnaval 2022 oficial foi cancelado em 30 de novembro de 2021. 

Carnaval 2022 X Covid-19      
Carnaval 2022
Estão cancelados blocos de rua e carnaval em espaços particulares, como clubes, locais de eventos e outras atividades organizadas pelo setor privado. (foto: Carlos Bassan)

O motivo do cancelamento é o aumento dos casos de covid-19. Atualmente, a positividade dos testes (resultados positivos de testes de covid) está em 21%. No final de dezembro estava entre 2% e 3%.       

A positividade atual é igual à registrada na semana de 22 a 28 de agosto de 2021.       

Além disso, houve um aumento de 400% nos atendimentos de casos de sintomas respiratórios nos hospitais, UPAs e centros de saúde. 

Dia D de dose adicional ainda tem 5,8 mil vagas para vacina no sábado, 15

A Secretaria de Saúde realiza neste sábado, 15 de janeiro, o primeiro Dia D para aplicação de dose adicional da vacina contra a covid-19. A informação foi reforçada pelo prefeito Dário Saadi durante transmissão ao vivo na internet, na tarde desta quinta-feira, 13 de janeiro.       

A vacinação será realizada em 56 centros de saúde e no Centro de Referência à Saúde do Idoso (CRI), das 8h às 17h. Mais de 35 mil vagas foram disponibilizadas. O agendamento continua aberto e, nesta tarde, há 5,8 mil vagas disponíveis.      

Para agendar o horário é preciso acessar o site vacina.campinas.sp.gov.br ou ligar no telefone 160. Pessoas que tiverem dificuldade, devem procurar um centro de saúde mais próximo da sua residência.       

“Todos que estejam em tempo oportuno de receber a dose adicional devem fazer seu agendamento”, afirmou a secretária-adjunta de Saúde Deise Hadich. A dose adicional é fundamental para prolongar a imunidade da vacina.         

As doses serão aplicadas em todas as pessoas a partir de 18 anos que tiverem recebido a segunda dose há, pelo menos, quatro meses.        

No caso de imunossuprimidos graves, é preciso ter completado a imunização há 28 dias.       

Se a pessoa foi vacina com a Janssen, o intervalo entre a dose única e a dose adicional é de dois meses. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.