Trecho do BRT na John Boyd é liberado na região da PUCC II e Jardim Roseira

Confira como ficam algumas linhas de ônibus que passam nos locais

fotos: Divulgação/Emdec – Mais um trecho do BRT Campo Grande foi liberado ao tráfego nas regiões do Jardim Roseira e Jardim Ipaussurama. O trecho abrange desde a altura da Avenida Brasília, passando pelo campus II da PUC Campinas, até o Shopping Parque das Bandeiras.

Construído na altura da Rua Sebastião Lázaro da Silva, o novo viaduto possui 28 metros de extensão e 4,5 metros de altura. A passagem superior tem 25 metros de largura; a estrutura principal é formada por seis pilares de 1,2 metro de diâmetro; e nove vigas de 20 metros de extensão e 1,2 metros de altura. O viaduto foi denominado “Dom Bruno Gamberini”, em homenagem ao arcebispo de Campinas, falecido em 2011.

Com a implantação da estrutura, foram eliminados dois conjuntos semafóricos – no cruzamento das avenidas JBD e Brasília; e na altura da PUCC II, priorizando o transporte público e ampliando a fluidez viária na região. Sob o viaduto, serão realizados os retornos, tanto no sentido bairro (Hospital da PUCC/Campo Grande), quanto no sentido Centro (Avenida Brasília/Jardim Roseira).

O trecho liberado conta com dez faixas de rolamento. Na passagem superior, são quatro faixas expressas (duas por sentido) para os veículos em geral e uma por sentido para o transporte público coletivo. Nas marginais, são mais quatro faixas (duas por sentido).

A partir do dia 9 de novembro, a transposição da John Boyd Dunlop pela Avenida Brasília (sentido bairro) deixará de ser permitida definitivamente. Os motoristas que trafegam pela Avenida Paulo Provenza Sobrinho, com destino à região do Campo Grande, deverão seguir pelas vias Giuseppe Caggiano e Dr. Libarit Sarian, passando sob o novo viaduto para acessar o sentido bairro da Avenida JBD. A velocidade máxima permitida no trecho está fixada em 50 km/h; com exceção dos pontos que permanecem em obras, que será de 40 km/h.

Operação Transporte

A partir desta sexta-feira (6/11), seis linhas de ônibus passam a circular no Corredor BRT, com embarque e desembarque pela esquerda. São elas: 212, 221, 222, 223, 224 e 229. Juntas, elas transportam cerca de 39 mil passageiros diariamente. Dois pontos de ônibus provisórios foram ativados no corredor da Avenida JBD, próximo ao Hospital da PUCC.

Outras oito linhas de ônibus seguem utilizando os pontos existentes nas marginais da Avenida JBD, com embarque e desembarque pela faixa da direita. São elas: 134, 210, 211, 213, 228, 230, 231 e 239. São cerca de 33 mil passageiros transportados diariamente.

Por conta da nova dinâmica de circulação no cruzamento das avenidas JBD e Brasília, quatro linhas de ônibus terão os itinerários ajustados, a partir do dia 9 de novembro. As linhas 213, 228 e 239 passam a retornar pelo “Balão do Londres”. Já a linha 116, no sentido Terminal Ouro Verde, cumprirá retorno na Avenida JBD, sob o novo viaduto, seguindo pelas vias Geraldo Sussolini e Brasília. Dessa forma, as quatro linhas atenderão aos pontos de ônibus localizados na altura da Faculdade Anhanguera (FAC) e anterior ao cruzamento com a Avenida Brasília.

O trecho liberado conta com a futura Estação BRT Roseiras/PUCC, que está sendo finalizada. A estação já recebeu estrutura metálica e envidraçamento, restando detalhes da etapa de acabamento e identificação visual.

A extensão liberada promove a integração entre o transporte público e a mobilidade ativa. Em um trecho do canteiro central da Avenida Brasília, ocorre a construção da ciclovia “Opasa”, de cerca de 3,7 km de extensão. A ciclovia é implantada em uma faixa de dutos de óleo, cedida pela empresa Transpetro. O dispositivo liga a região do Corredor BRT Campo Grande (Vila Padre Manoel de Nóbrega) à região do Corredor BRT Ouro Verde (Jardim Santa Lúcia). As obras estão em andamento e parte da ciclovia já está sinalizada.