Para combater COVID-19 Campinas terá rodízio de veículos

Ação será implantada pela prefeitura da cidade a partir de segunda-feira, 18 de maio

foto: Carlos Bassan/PMC – Campinas terá rodízio de veículos pelo final do número das placas a partir da próxima segunda-feira, dia 18 de maio válido para carros e motos com placas locais e também de outras cidades. “Campinas, pela primeira vez na sua história, adota o rodízio de veículos”, disse Jonas Donizette, informando que a medida tem a finalidade de frear a circulação de pessoas e, consequentemente, a propagação do coronavírus.

O rodízio será de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, com a seguinte programação:

Placas final 1 e 2 – proibidos de circular às segundas-feiras;

Placas final 3 e 4 – proibidos de circular às terças-feiras;

Placas final 5 e 6 – proibidos de circular às quartas-feiras;

Placas final 7 e 8 – proibidos de circular às quintas-feiras;

Placas final 9 e 0 – proibidos de circular às sextas-feiras.

“Faça a sua parte, fique em casa – aqueles que podem, no isolamento -, e, a partir de segunda-feira, teremos o rodízio de veículos em Campinas”, apelou o prefeito ao explicar que a medida é por tempo indeterminado.

A frota do transporte coletivo será ampliada para atender quem tem necessidade de se deslocar para o trabalho em áreas essenciais. Situações de exceção serão previstas no regramento que será divulgado no Diário Oficial do Município na próxima sexta-feira, 15 de maio.

Quem desrespeitar o rodízio será penalizado seguindo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que prevê infração de tipo médio, com aplicação de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação e multa no valor de R$ 130,16. Os radares do sistema inteligente de monitoramento serão adaptados para fiscalização das placas e equipes da Emdec estarão nas ruas intensificando a observação do trânsito e multando aqueles que burlarem a regra.

Profissionais que trabalham em áreas consideradas essenciais durante a pandemia poderão circular no rodízio com uma autorização especial. O regramento de como funcionará o rodízio em Campinas, com as exceções que serão permitidas, será publicado após definição entre as secretarias municipais de Transportes e Assuntos Jurídicos.