Casos de dengue ainda preocupa no Ouro Verde

Distrito é a segunda região de Campinas com mais casos da doença

A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas informa que de janeiro a 27 de maio deste ano foram confirmados 16.445 casos de denque. A região com maior número de casos é a Noroeste, que abrange o distrito do Campo Grande, com 5.079 registros. Em seguida vem a Sudoeste, onde está o distrito do Ouro Verde, com 3.993 e a Sul, que inclui a região do Campo Belo, com 3.920 casos.     

Conforme divulgado anteriormente, este ano foram registrados três óbitos de moradores de Campinas, sendo uma criança de 5 meses, do sexo feminino, uma mulher de 19 anos, e um idoso de 92 anos, todos atendidos pela rede privada de saúde do município. A Prefeitura ressalta a importância do envolvimento de toda a sociedade no combate à dengue. Mais de 80% dos criadouros estão nos quintais e cada pessoa precisa cuidar do seu espaço, eliminando diariamente os recipientes com água.    

O distrito do Campo Grande e a região do Campo Belo, áreas com mais números de casos de dengue, já receberam mutirões de limpeza. No Campo Grande foram coletados 2.700 toneladas de lixo e entulho descartados de forma irregular e no Campo Belo foram 1.200 toneladas em apenas quatro dias em cada região. Nos mutirões há serviços de coleta de entulho, roçagem e capinação, cata-treco, desobstrução de bocas de lobo entre outros. Além disso, esses serviços de limpeza em pontos de descarte irregular de resíduos em áreas públicas e a notificação de proprietários para que limpem os terrenos são feitos frequentemente.