Campinas e região apontam queda no número de casos de Covid-19

Mesmo com queda, infectologista considera prematuro retorno às atividades na educação básica

foto: Carlos Bassan – Os dados do boletim epidemiológico, publicado no dia 4 de setembro, apontam que o número de casos de Srag (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e de Covid-19 está em queda na cidade. Ainda segundo o relatório, o pico da doença em Campinas foi em julho, entre a 27ª e 28ª semanas epidemiológicas.

“A partir do pico que nós vivemos em julho, essa curva vem caindo de maneira muito acentuada”, explicou o secretário de Saúde, Carmino de Souza. “A distribuição de atendimentos presenciais nas Upas e PSs da rede apontam que o número de síndromes gripais também vem caindo significativamente”, completou.

Outro dado importante apresentado pelo secretário foi a redução do percentual de casos confirmados. Durante a evolução da pandemia, 75% dos casos suspeitos eram positivados para Covid-19; atualmente, esse percentual é de menos de 10%. De cada 10 casos registrados como suspeitos, apenas um é confirmado.

Para o professor de Medicina da PUC-Campinas, a impossibilidade de antever o comportamento da doença inviabiliza o retorno seguro das crianças ao ambiente escolar. “É necessário encontrar formas seguras para a volta às atividades escolares. Adotar como único critério a criação de uma vacina, que pode demorar e até mesmo não existir, não parece ser razoável. Não é razoável, do mesmo modo, ignorar as orientações estipuladas pela Organização Mundial da Saúde, tal como ocorreu nas flexibilizações de outros setores, motivadas por pressões econômicas e políticas. É importante frisar que estamos diante de uma doença sem vacina e com letalidade considerável”, diz Giglio.

Dados

Até o fechamento do boletim, do total de casos notificados, 25,8% (27.931) dos casos foram confirmados como Covid-19. Destes, 87,2% (24.351) foram classificados como casos leves e 12,8% (3.580) como moderados ou graves.

O boletim completo pode ser consultado no hotsite do coronavírus, disponível no endereço https://covid-19.campinas.sp.gov.br, no item “Boletim Epidemiológico COVID-19 Campinas”.

Na 36ª Semana Epidemiológica, a cidade apresentou 1,5 casos, 8,48% menos em relação ao período anterior. Queda de 6,5% também foi registrada no Departamento Regional de Saúde de Campinas, que integra 42 municípios. Ainda assim, o DRS-Campinas segue na segunda posição do Estado em número de casos e mortes, atrás apenas da Grande São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.