Campinas antecipa 13º e vai injetar cerca de R$ 50 milhões na economia

O depósito será feito no próximo dia 30, junto com o pagamento dos salários de julho

foto: divulgação – A prefeitura anunciou a antecipação da primeira parcela do 13º salário dos servidores ativos e inativos e dos funcionários das empresas públicas e autarquias. O depósito será feito no próximo dia 30, junto com o pagamento dos salários de julho.       

A medida faz parte do Paes (Programa de Ativação Econômica e Social) e a expectativa é que sejam injetados cerca de R$ 50 milhões na economia da cidade.       

A antecipação também faz parte da pauta de reivindicações apresentada pelo Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Campinas. Por conta da Lei Federal 173, os municípios estão impedidos de conceder reajustes salariais e o pagamento antecipado do benefício vai contribuir para o equilíbrio financeiro dos servidores.       

Para o prefeito Dário Saadi, a decisão de antecipar o 13º só foi possível por conta da gestão financeira que o município tem feito. “Estamos com todas as contas da Prefeitura sendo pagas rigorosamente em dia. Essa gestão responsável dos nossos recursos nos possibilita fazer essa antecipação”, explicou.     

Desde 2015, a Prefeitura não fazia o pagamento antecipado da primeira parcela do 13º salário. O benefício vinha sendo pago junto com as férias. 

Empréstimo consignado

Nesta sexta-feira, 16 de julho, a Prefeitura também deve encaminhar para a Câmara Municipal um projeto de lei que amplia de 30% para 35% a margem para empréstimos consignados dos servidores.     

Aprovada, a medida valerá até o final do ano, conforme prevê a Lei Federal.