70 mil alunos da rede municipal terão aulas online no período da quarentena

foto: divulgação – A Rede Municipal de Ensino de Campinas oferecerá para os seus 70 mil alunos o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). A medida começa a vigorar em abril por meio da plataforma Google Sala de Aula, que será disponibilizada pela Secretaria Municipal de Educação e Fumec (Fundação Municipal para a Educação Comunitária). O projeto é inédito no município.

A medida foi tomada em virtude da pandemia do coronavírus (Covid-19). Por conta disso, o recesso da Rede Municipal de Ensino será entre os dias 23 de março e 5 de abril.

Serão contemplados com a plataforma digital os alunos do Ensino Fundamental Regular, Educação Integral, Educação de Jovens e Adultos (EJA), cursos Técnicos e de Qualificação Profissional (ambos do Ceprocamp), além dos programas Consolidando a Escolaridade; Educação Ampliada ao Longo da Vida e de Apoio à Alfabetização, oferecidos pela Fumec. A Educação Infantil também receberá um suporte pedagógico. No entanto, as normativas e orientações serão divulgadas futuramente.

Antes de a plataforma entrar em funcionamento, os professores terão um período para a adaptação das funcionalidades. O mesmo acontecerá com os estudantes. A partir de 6 de abril, a plataforma estará aberta para a ambientação dos professores. No dia 13 de abril será a vez dos alunos e, a partir do dia 20 de abril, começam a valer as interações pedagógicas entre professores e alunos.

Os acessos aos conteúdos pedagógicos online serão feitos por meio da plataforma digital. Para isso, tanto os alunos quanto os professores deverão ter um login e uma senha, que serão disponibilizados, de forma gradativa, pela equipe gestora de cada unidade, a partir da próxima quinta-feira, 2 de abril.

Para garantir o acesso de professores e alunos, a Secretaria Municipal de Educação disponibilizará equipamentos e acesso à tecnologia 4G, de forma gradual, respeitando as orientações das autoridades sanitárias. Não é necessário fazer nenhum tipo de agendamento ou solicitação. Neste primeiro momento, todos os alunos e professores do Ensino Fundamental serão contemplados.

Assim, neste novo espaço educacional os professores poderão disponibilizar aulas e atividades e fazer a interação com os alunos.