Viaduto da Av. JBD sobre a Bandeirantes ganha reforço de sinalização

Instalação de balizadores é mais uma medida para evitar conversões proibidas em trecho onde houve dois acidentes graves

foto: divulgação – A Secretaria de Transportes (Setransp) e a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) conseguiram autorização da concessionária CCR Autoban para intensificar a sinalização de segurança e reduzir os riscos de acidentes sobre o viaduto da Rodoviária Bandeirantes, na Avenida John Boyd Dunlop.     

Nesta semana, equipes da Emdec instalaram 97 balizadores no viaduto, para impedir conversões que já são proibidas no trecho. A sinalização reforça a proibição. Essa é a segunda tentativa da Emdec de ampliar a segurança no local.     

A medida foi definida porque no trecho aconteceram dois acidentes graves, nos últimos dois meses, motivados por desrespeito à sinalização, um deles com registro de morte. 

Viaduto sobre a Bandeirantes    

Esse trecho já havia recebido barreiras “New Jersey”, que agora são 20 instaladas antes do início do viaduto, no sentido bairro-centro; e, também, foram implantados 21 balizadores. As barreiras “New Jersey” são usadas para impedir a transposição de uma via para a outra.     

De acordo com o secretário de Transportes, Vinicius Riverete, “Setransp e Emdec estão empenhadas em reduzir os acidentes e mortes nas vias, ampliando a sinalização e fazendo melhorias em toda a cidade. No trecho da John Boyd Dunlop, sobre o viaduto da Rodovia dos Bandeirantes, esse é o nosso segundo reforço de sinalização”.     

Já para o presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva, “todas as medidas possíveis foram tomadas para ampliar a segurança, mas de nada adianta usar toda tecnologia, toda sinalização e barreiras, se os motoristas não respeitarem a sinalização. São os comportamentos de riscos que levam à morte. Precisamos da conscientização de todos que são as escolhas por ‘atalhos aparentemente fáceis’ que levam a graves acidentes e a caminhos sem volta”. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.