VACINAÇÃO: Agendamento para pessoas a partir de 85 anos já começou

Serão imunizadas cerca de 6 mil pessoas nessa faixa etária. Aplicações começam amanhã, 11/02

fotos: Carlos Bassan / Fernanda Sunega – Idosos com idade entre 85 e 89 anos já podem fazer o agendamento para receber a vacina contra a Covid-19 em Campinas. O agendamento pode ser feito no site www.vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160.

A aplicação das vacinas, para esse grupo, já começa a partir de quinta-feira, 11 de fevereiro em dois centros:

Centro de Vivência dos Idosos – na Lagoa do Taquaral

CAIC Vila União – Rua José Augusto de Mattos, s/nº.

Andrea Von Zuben, diretora do Devisa.

As duas unidades funcionam das 8h às 22h de segunda a sexta-feira, e das 8h às 18h aos sábados e domingos.

Importante ressaltar que, o agendamento é necessário também para quem fez o pré-cadastro. E após o agendamento, a pessoa deve aguardar um SMS, enviado pela prefeitura, com o local, dia e horário da vacinação.

Para receber a dose, no dia e hora marcados a pessoa deve apresentar documento com foto e comprovante de endereço. Campinas tem cerca de seis mil idosos entre 85 e 89 anos.

Mais de 81% das mortes por Covid-19 em Campinas aconteceram com idosos maiores de 60 anos. “A primeira faixa que a gente vai atingir agora, maiores de 85 anos, é o maior número de óbitos e corresponde 28% do total”, explicou o prefeito.

A vacinação de idosos com mais de 90 anos continua em andamento e o agendamento está fechado nesta tarde, mas será reaberto na quarta, dia 10. A marcação de horários para profissionais de saúde foi encerrada nesta terça-feira, dia 9. A vacinação nas ILPIs foi encerrada.

Orientações para idosos

  • Se não puder sair do carro, a equipe do Centro de Imunização atenderá no veículo.
  • Se não tiver condições de ir a um centro de vacinação, a aplicação da vacina será feita em domicílio. Para isso, a partir da próxima semana, o responsável ou o idoso deve entrar em contato com o centro de saúde mais próximo para avaliação do caso.

Os idosos acamados continuam sendo vacinados. “Esse é um trabalho mais vagaroso, pois as equipes de saúde têm que montar a caixa refrigerada, ir até o endereço, aplicar a dose, preencher o sistema e daí seguir para outra casa. Por isso, é importante que as pessoas só utilizem essa opção para os casos de não haver a possibilidade de levar o idoso até o ponto de vacinação. Nos centros de imunização, a vacina será aplicada em todas as pessoas em seis dias. Em casa demora mais e nosso objetivo é imunizar o público-alvo o mais rápido possível”, disse a diretora do Devisa.

O prefeito Dário Saadi, com idosa após a imunização.

Informações

Mais informações sobre a vacinação em Campinas podem ser obtidas pelo hotsite www.vacina.campinas.sp.gov.br.

O site esclarece dúvidas sobre as vacinas e a atual Campanha de Vacinação na cidade. Também divulga a opinião de especialistas, notícias relacionadas ao assunto, cuidados com a doença, entre outros.