Ouro Verde / Campo Grande têm risco de transmissão de dengue

Satélite Íris I, Jd. São Pedro de Viracopos, Jd. Proflurb, Jd. Melina e Jd. Ouro Verde estão no boletim divulgado pela prefeitura

fotos: Carlos Bassan – A Secretaria de Saúde de Campinas divulgou novos dados de dengue na cidade. Entre 1º de janeiro e o último dia 8, foram registrados 29 casos da doença.

A região Sudoeste registrou 14 casos confirmados. Na Leste, foram seis. Já a região Norte conta com cinco confirmações; a Sul com três e a Noroeste com um.

Em todo o ano de 2020 foram registrados 3.965 casos da doença em Campinas. Em abril do ano passado, uma pessoa morreu em decorrência da dengue. As regiões Noroeste (Campo Grande) e Sudoeste (Ouro Verde) são as que mais tiveram casos, com 1.085 e 1.076 respectivamente. Na sequência, a região Norte, com 957; a Leste, com 506; e a Sul, com 341 confirmações.

A Prefeitura mantém um programa de controle e prevenção da doença por meio do Comitê de Prevenção e Controle das Arboviroses, cujos integrantes afirmam que a luta contra a dengue exige uma contrapartida de toda a sociedade. Cada cidadão, porém, precisa fazer a sua parte, destinando corretamente os resíduos e evitando criadouros. Segundo o Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), 80% dos criadouros estão dentro de casa.

Outro ponto são os entulhos. O acúmulo de materiais atrai o mosquito Aedes Aegypit. Os moradores precisam ter consciência e não jogar lixo e entulho em áreas públicas porque isso traz prejuízo à saúde e causa danos ao meio ambiente.

Agente da prefeitura durante mutirão nos bairros de Campinas.

A Prefeitura dispõe de 16 Ecopontos, para onde a população pode levar este tipo de material para descarte. Os endereços podem ser consultados na página http://www.campinas.sp.gov.br/governo/servicos-publicos/ecopontos/index.php. 

Para acabar com a proliferação do mosquito, é preciso evitar acúmulo de água. Os vasos de plantas aquáticas devem ter a água trocada semanalmente. Os pratos dos vasos devem ser eliminados. É importante, também, vedar a caixa d’água e limpar a calha. Os vasos sanitários que não estão sendo usados devem ficar fechados, assim como os ralos.

Mais informações

Acesse o hotsite https://dengue.campinas.sp.gov.br/ para saber mais sobre o que a Prefeitura de Campinas está fazendo e como você pode colaborar para combater a dengue.