Obras do Corredor BRT Ouro Verde avançam no Jardim Novo Campos Elíseos

fotos: divulgação – Mais uma etapa das obras de implantação do Corredor BRT (Bus Rapid Transit, Ônibus de Trânsito Rápido) Ouro Verde será iniciada na próxima terça-feira, 21 de abril. A execução de faixas exclusivas para os veículos BRT avançam para as vias Cosmópolis, Piracicaba e Santa Bárbara d’Oeste.  A evolução dos trabalhos na região será gradativa, iniciando pela Rua Cosmópolis, no trecho entre as vias Pedreira e Mogi Mirim. O trecho passará a contar com uma faixa para o tráfego de veículos.  

“Trata-se de uma etapa sensível das obras de implantação dos Corredores BRT. Para minimizar os impactos à população, iniciamos um intenso trabalho de orientação e esclarecimento de dúvidas junto aos moradores e comerciantes da região. Futuramente, a ativação dos corredores terá como benefício a valorização desta região”, destaca o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro.  Nesta primeira etapa, a Emdec bloqueia o acesso ao retorno a partir da Rua Piracicaba. Também será implantado duplo sentido de tráfego na Rua Mogi Mirim, no trecho entre as vias Piracicaba e Cosmópolis. Ambas as medidas são temporárias, com duração de aproximadamente 20 dias.  Além da execução do pavimento de concreto, nesta primeira fase de obras, será realizada a demolição do canteiro na altura do cruzamento das vias Mogi Mirim e Piracicaba.  Nas etapas subsequentes, os trabalhos avançam, gradativamente para os seguintes trechos:

– Rua Piracicaba (entre as vias Pedreira e Mogi Mirim);

– Rua Cosmópolis (entre as vias Mogi Mirim e Santa Bárbara D’Oeste) e Rua Piracicaba (entre as vias Mogi Mirim e Bragança Paulista);

– Rua Santa Bárbara d’Oeste (entre as vias Cosmópolis e Piracicaba).  Em todas as etapas previstas, a faixa esquerda das vias será interditada ao tráfego de veículos. Os bloqueios serão gradativos, de acordo com o andamento das obras. A previsão inicial é que cada etapa se estenda por cerca de 20 dias, com finalização total em 80 dias.   

A velocidade máxima permitida nas vias será de 40 km/h. Gradativamente, os acessos aos comércios e residências da região terão impactos temporários. Na fase de escavação, as entradas e saídas dos imóveis localizados à esquerda terão interdições momentâneas, com liberação no período noturno.

A Emdec avaliará os casos individualmente, de modo a minimizar, ao máximo, os impactos a moradores e comerciantes.  Nenhum ponto de ônibus será afetado pelas obras. As linhas do sistema de transporte público que circulam na região poderão apresentar lentidões, por conta do afunilamento do trânsito. São elas: 118, 121, 130, 131, 132, 133, 140, 141 e 161. As dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone 118, o “Fale Conosco Emdec”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.