Museu de História Natural estará aberto no feriado prolongado

Visitação de sábado a terça-feira poderá ser feita a partir das 9h, com venda de ingressos até 16h15. Museu fecha no dia 2/03

foto: arquivo/PMC – O Museu de História Natural, que fica no Bosque dos Jequitibás, estará aberto no feriado prolongado, sábado, dia 26, domingo, 27, segunda-feira, 28 e na terça-feira, 1 de março. A abertura do Museu é às 9h e o horário final da bilheteria para venda de ingressos é às 16h15 com o término da visitação às 16h45. Na quarta-feira, dia 2 de março, o Bosque e o Museu estarão fechados ao público para manutenção.    

O preço do ingresso é R$ 5,00 (inteira) e R$ 2,50 (meia). Crianças até 5 anos e adultos com 60 anos ou mais são isentos. O ingresso dá direito a visitar os três espaços (Museu, Aquário e Casa dos Animais Interessantes).    

Os demais museus públicos municipais de Campinas estarão fechados no feriado prolongado.    

O Observatório Municipal “Jean Nicolini” estará aberto nesta sexta-feira, 25 de fevereiro, das 17h às 21h. Nos demais dias do feriado prolongado estará fechado.

Museu de História Natural
Dica especial para o feriado de Carnaval é visitar o Museu de História Natural, no Bosque dos Jequitibás. (foto: divulgação)

Desde janeiro de 2021, o Museu de História Natural foi reaberto ao público, totalmente revitalizado, com nova concepção estética e educativa. O Museu tem um acervo de aproximadamente 6 mil peças. Durante a visitação, o público poderá conferir a riqueza do universo dos fósseis, dos biomas brasileiros (Amazônia, Mata Atlântica, Pantanal, Cerrado – na reestruturação, foram incluídos a Caatinga e o Pampa), dos vertebrados (mamíferos, répteis, anfíbios, peixes, aves), das espécies em extinção, da botânica, dos insetos e da biodiversidade do Estado de São Paulo.

Os amplos painéis trazem informações científicas e curiosidades que enchem os olhos. Para se ter uma ideia, “as pulgas conseguem saltar alturas de aproximadamente 200 vezes o tamanho de seu corpo. Proporcionalmente, seria o mesmo de uma pessoa ultrapassar um campo de futebol em um único pulo”. Ao mostrar os ambientes, Abrão salienta a importância da educação ambiental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.