Museu da Língua Portuguesa é reaberto em São Paulo

Foram investidos cerca de R$ 85 milhões nas obras de reconstrução com diversos apoiadores privados e do governo do estado de São Paulo e do governo federal

Por Camila Maciel – Repórter da Agência Brasil

foto: Rovena Rosa / Agência Brasil – O Museu da Língua Portuguesa, instalado na histórica Estação da Luz, foi reinaugurado na cidade de São Paulo, ontem 31 de julho. Em dezembro de 2015, um incêndio consumiu boa parte das instalações do prédios e obras importantes. Além do conteúdo das exposições, que foi revisto e ampliado, o museu está com uma nova área, um terraço, com vista para o Jardim Luz e a torre do relógio da estação.

Foram investidos cerca de R$ 85 milhões nas obras de reconstrução com diversos apoiadores privados e do governo do estado de São Paulo e do governo federal, pela Lei de Incentivo à Cultura. As obras começaram em 2017 e foram acompanhadas pelos órgãos federais, estaduais e municipais de proteção do patrimônio histórico e artístico.

“Este é o primeiro museu do mundo dedicado a um idioma e que está de volta depois de um longo período de reforma. (…) Voltou melhor, com mais recursos, mais tecnologia, ampliado e fortalecido com todos os cuidados que foram objeto dessa reconstrução do museu”, declarou o governador de São Paulo, João Doria.

O novo Museu da Língua Portuguesa

Novas instalações entre as exposições de longa duração marcam a reabertura do museu. Elas ficam dispostas no segundo e no terceiro andar do prédio. Entre as novidades, está a “Línguas do mundo”, na qual mastros se espalham pelo hall com áudios em 23 diferentes idiomas. Foram escolhidas línguas, entre as mais de 7 mil existentes, que tenham relação com o Brasil, incluindo expressões originárias, como yorubá, quimbundo, quéchua e guarani-mbyá.

Os sotaques e as expressões do português no Brasil ganham espaço na instalação “Falares”. E os “Nós da Língua Portuguesa” mostram os laços e a diversidade cultural entre os países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). O idioma é falado em cinco continentes por 261 milhões de pessoas.

Continuam a ser exibidas, assim como nos quase 10 anos em que o museu esteve ativo, a instalação “Palavras Cruzadas”, que mostra influências históricas no português falado no Brasil e a “Praça da Língua”, que homenageia a língua falada, escrita e cantada com um espetáculo de som e luz. A praça, uma espécie de planetário, traz poemas e músicas interpretados por nomes como Maria Bethânia e Matheus Nachtergaele. 

O museu tem curadoria de Isa Grinspum Ferraz e Hugo Barreto e contou com a colaboração de artistas, músicos, linguistas, entre outros profissionais.

Serviço

Museu da Língua Portuguesa

Estação da Luz – Praça da Luz, s / nº – Portão 1 – Centro, São Paulo – SP

Funcionamento – Terça a domingo, das 9h às 16h30, com permanência até às 18h.

Ingressos

Inteira – R$ 20,00
Meia-entrada – R$ 10,00
Grátis aos sábados*
Crianças até 7 anos não pagam*. Veja outras gratuidades

* A emissão antecipada de ingresso é obrigatória mesmo para quem tem direito a gratuidade.