Linha 229 circulará no antigo leito do VLT a partir do dia 30 de junho

foto: divulgação – Com o objetivo de agilizar as viagens dos usuários do transporte público coletivo, a Secretaria de Transportes (Setransp) e a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) promovem alterações no itinerário da linha 229 (Jardim Florence II), a partir da próxima quarta-feira, 30 de junho.

A linha 229 passa a circular no Complexo BRT Rodoviária e no antigo leito do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), no sentido bairro. Com isso, haverá alterações no atendimento à região central. Nada muda na circulação da linha no sentido Centro.

O secretário de Transportes, Vinicius Riverete, explica que a mudança “melhora a performance da linha 229 e ajusta o itinerário à atual demanda de usuários”.

“Estamos reduzindo o tempo de percurso da linha, agilizando o acesso à região do Jardim Florence. A 229 se une às linhas 130 e 212, que já circulam por este trecho do Corredor BRT, de forma expressa e exclusiva para o transporte público”, complementa o presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva.

Linha 229 – onde ocorrem as mudanças?

As mudanças no itinerário ocorrem a partir das vias Orosimbo Maia e Jorge Miranda. A linha deixa de seguir pela Avenida Senador Saraiva e passa a cumprir o trajeto pelas vias João Penido Burnier, Saldanha Marinho e Marquês de Três Rios, acessando o complexo BRT Rodoviária, passando sobre o viaduto estaiado, antigo leito do VLT e sobre a alça de acesso à Avenida John Boyd Dunlop, quando retoma o percurso original.

Pelo novo itinerário, a 229 passa a atender aos pontos de parada localizados nas vias João Penido Burnier (na altura do futuro Terminal BRT Mercado), Marquês de Três Rios (após a Avenida Andrade Neves) e antes da Estação BRT Rodoviária. Nove pontos de parada da região central deixam de ser atendidos, no percurso a ser desativado, entre as vias Senador Saraiva e Joaquim Villac.

Atualmente, a linha 229 circula com dez veículos na frota e atende, em média, cinco mil passageiros diariamente.