Honda New City: mudança total da marca no Brasil

Principal novidade é a versão hatch. As vendas do sedã iniciarão em janeiro e do hatch, em março de 2022

foto: divulgação – A Honda apresentou o New City. A quinta geração representa uma renovação completa do modelo, com versões sedan e hatchback. Eles serão os primeiros modelos da marca produzidos no Brasil com o Honda SENSING, completo pacote de equipamentos de segurança e assistência à condução.

Na comparação com o atual City, o New City sedã é 53 milímetros mais largo e 94 mm mais comprido.

O interior do New City também merece destaque pela elevada sofisticação dos materiais e alta qualidade de acabamento e montagem. Todos os pontos de contato com motorista e passageiros têm superfície extremamente agradável ao toque. Em todas as versões, os modelos são equipados com um painel amplo, com caráter esportivo e de fácil visualização das informações.

Novo motor: alto desempenho, baixo consumo

O New City vem equipado com um motor inédito. Todo em alumínio, o quatro-cilindros aspirado é 1.5 litro 16V DI DOHC i-VTEC, ou seja, com injeção direta de combustível e dois comandos de válvulas no cabeçote – um para as oito válvulas de escape e outro para as oito de admissão. Este de admissão reúne soluções de alta tecnologia da Honda.

A adoção do sistema de injeção direta permite maior taxa de compressão e maior otimização da queima da mistura ar/combustível. A potência máxima é de 126 cavalos a 6.200 rpm, tanto com etanol como com gasolina.

De acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), o New City sedã tem consumo na cidade de 9,2/13,1 km/l (etanol/gasolina) e, na estrada, de 10,5/15,2 km/l – respectivamente, o New City Hatchback registrou 9,1/13,3 e 10,5/14,8 km/l. Com tais números, ambos obtiveram classificação A no PBE, dentro de suas categorias.

O câmbio CVT, de relação continuamente variável, recebeu mudanças. O CVT segue com simulação de sete marchas por meio de paddle shifts no volante. São duas novidades: o Step-shift e o EDDB (Early Down-shift During Braking). O primeiro atua sob condução esportiva. Com o acelerador pisado a fundo (kick-down), a central de gerenciamento eletrônico do CVT coordena as trocas nos pontos fixos das marchas, acentuando exatamente a sensação da mudança e, consequentemente, de esportividade. Já o EDDB se apresenta em situações de descida. Ao notar que o motorista está pisando no freio para conter o ganho de velocidade por conta da inclinação, o CVT assume uma relação que resulta em maior aplicação de freio-motor. A ação do EDDB é automática e amplia a segurança sem afetar o consumo.

Outra novidade são os novos amortecedores, que têm stop hidráulico, um sistema composto por uma câmara de desaceleração da haste do amortecedor, que evita o som de pancada seca, quando o carro passa por um buraco, por exemplo.

Segurança para todos

O New City é o primeiro modelo da Honda fabricado no Brasil a contar com o Honda SENSING, disponível apenas na versão Touring, pacote de tecnologias de segurança e assistência ao motorista da marca. Baseado nas imagens captadas por uma câmera de visão ampla e de longa distância, instalada no parte central e superior do para-brisa, o Honda SENSING no New City terá cinco funções:

• ACC – Controle de cruzeiro adaptativo – Auxilia o motorista a manter uma distância segura em relação ao veículo detectado à sua frente;

• CMBS – Sistema de frenagem para mitigação de colisão – Aciona o freio ao detectar uma possível colisão frontal, com o objetivo de mitigar acidentes. Ele é capaz de detectar e identificar pedestres e veículos que estejam no mesmo sentido ou no oposto;

• LKAS – Sistema de assistência de permanência em faixa – Detecta as faixas de rodagem e ajusta a direção com o objetivo de auxiliar o motorista a manter o veículo centralizado nas linhas de marcação;

• RDM – Sistema para mitigação de evasão de pista – Detecta a saída da pista e ajusta a direção com o objetivo de evitar acidentes;

• AHB – Ajuste automático de farol – Comutação noturna automática dos fachos baixo e alto dos faróis de acordo com a situação.

Versões e cores

O New City sedã será oferecido em três versões (EX, EXL e Touring) e o New City Hatchback em duas versões (EXL e Touring).

A paleta de cores é variada em ambos os modelos. O New City sedã terá seis opções: Branco Tafetá (pintura sólida); Azul Cósmico, Prata Platinum e Cinza Barium (metálicas); e Branco Topázio e Preto Cristal (perolizadas). Exclusivamente na versão Touring, nas cores Branco Topázio, Cinza Barium e Azul Cósmico, o interior será de couro claro. Para as demais cores, o couro será preto.

O New City Hatchback chega com uma paleta ainda maior, com oito cores. Em relação ao sedã difere apenas pela oferta de mais duas cores perolizadas: Vermelho Mercúrio e a inédita Cinza Grafeno, que será aplicada pela primeira vez no Brasil. Para todas as cores, o interior será preto.

As vendas do New City sedã iniciarão em janeiro, mas a pré-venda começará em 23 de novembro, às 17h30.

Os preços são:
– EX: R$ 108.300,00
– EXL: R$ 114.700,00
– Touring: R$ 123.100,00

(*Preço público sugerido para todo o território nacional, exceto Estado de São Paulo e cidade de Manaus)

As vendas do New City Hatchback começarão em março. Os preços serão divulgados apenas em janeiro, quando se iniciará a etapa de pré-venda do modelo.

A garantia do New City é de 3 anos, sem limite de quilometragem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.