Copa América: Brasil vence Colômbia por 2×1 com gol polêmico

Jogo foi difícil, com erros da arbitragem e time colombiano marcou o primeiro gol

por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional

foto: REUTERS/ Ricardo Moraes – Um gol de Casemiro, no último dos dez minutos de acréscimos do segundo tempo, garantiu a terceira vitória consecutiva do Brasil na Copa América. Nesta quarta-feira (23), a seleção de Tite superou a Colômbia por 2 a 1 no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pela quarta e penúltima rodada do Grupo B.

O resultado levou o escrete canarinho a nove pontos, com a liderança da chave garantida, independente do que acontecer no próximo domingo (27), contra o Equador, no estádio Olímpico de Goiânia. Os colombianos, também assegurados nas quartas de final, concluem a participação na primeira fase com cinco pontos, atualmente em segundo lugar, aguardando a definição do grupo para saber a posição final.

Foram cinco alterações em relação à equipe que goleou o Peru por 4 a 0, pela segunda rodada. Dando sequência ao revezamento de goleiros, Weverton foi o titular na meta. Na zaga, Marquinhos formou dupla com Thiago Silva. No meio, o volante Casemiro retornou, no lugar de Fabinho. À frente, somente Neymar e Gabriel Jesus seguiram no time. Entraram o meia Everton Ribeiro e o atacante Richarlison. Ao todo, são sete remanescentes dos 11 que estrearam na Copa América, diante da Venezuela.

O Brasil teve que lidar com um cenário atípico nos 57 jogos sob comando de Tite: sair atrás. Aos nove minutos, o meia Juan Cuadrado cruzou pela direita, com liberdade, para o atacante Luiz Díaz, livre na área, marcar um golaço de bicicleta. A seleção brasileira não era vazada há seis partidas.

O duelo ficou tenso, com divididas mais ríspidas. O Brasil seguiu pressionando e, quando o empate parecia irreversível, veio a virada. Aos 54 minutos, no último lance da partida, Neymar cobrou escanteio pela esquerda e Casemiro, de cabeça, decretou o triunfo canarinho.

Copa América: Peru e Equador

Mais cedo, Peru e Equador empataram por 2 a 2 em Goiânia. Os peruanos foram a quatro pontos, na terceira posição do Grupo B, enquanto os equatorianos chegaram a dois pontos e assumiram o quarto lugar, com a mesma pontuação da Venezuela, ficando à frente pelo saldo de gols (-1 a -3).