Consórcio Campi Ambiental oferece 220,85 milhões e vence contrato do lixo

Homologação do resultado sairá esta semana no DOM. Contrato vale por 30 meses ou até que seja efetivada PPP

foto: Carlos Bassan – Em sessão pública presencial realizada na manhã desta segunda-feira, 11 de julho, a Prefeitura de Campinas adjudicou (atribuiu) ao Consórcio Campi Ambiental os serviços de gestão de resíduos sólidos urbanos do município. O consórcio fez a melhor oferta para a realização da tarefa, R$ 220.850.000,00 – o valor inicial do leilão era R$ 328,5 milhões. A homologação do resultado deve ser publicado esta semana no Diário Oficial.

Em segundo lugar na licitação ficou a empresa M Construções e Serviços LTDA (R$ 220.860.000,00 ) e, em terceiro, o Consórcio Locat Campinas (R$ 224.840.000,00). Ambas estiveram presentes à sessão desta segunda-feira e não contestaram o ato.

Contrato do lixo

O contrato do lixo é o de maior valor da Prefeitura de Campinas. Em termos de volume, durante o período de validade do contrato, a previsão, só para a coleta manual, é de que sejam recolhidas mais de 526,4 mil toneladas de lixo ou 17,5 mil toneladas/mês.

A prestação de serviços de gestão de resíduos sólidos urbanos do Município de Campinas compreende, além da coleta de resíduos sólidos urbanos, os serviços complementares de limpeza pública e operação de estação de transferência e transbordo.

O tempo de contrato é de 30 meses ou até que seja firmada uma Parceria Público Privada (PPP) para a gestão dos resíduos sólidos urbanos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.